quinta-feira, dezembro 29, 2005

19 - ARMANDO ROCHA - ANTIGO DIRECTOR GERAL DOS DESPORTOS

ARMANDO ROCHA é dos mais prestigiados dirigentes desportivos de Águeda. Foi Director Geral dos Desportos (7 de Maio de 1963 a 9 de Agosto de 1973), dirigente da Académica de Coimbra, presidente do CDUL, membro do Comité Executivo da Federação Internacional do Desporto Universitário, primeiro director do estádio Nacional, dirigente das Federações Portuguesas de Basquetebol, Desporto Universitário,Ténis (direcção) e Basquetebol.
Coordenou a organização ds Jogos Desportivos Luso-Brasileiros (de 1964 a 1969). É medalha de ouro de mérito desportivo da Federação Portuguesa da Futebol e sócio honorário de mais de 20 clubes portugueses.

4 comentários:

Judeu de Águeda disse...

Não fazia a menor ideia deste aguedense, embora vagamente me lembre de uma entrevista com ele, publicada na Soberania do Povo - o que afinal prova que temos grandes dirigentes de Águeda. Não houve um aguedense que foi presidente da direção de uma federação desportiva?

Soberania do Povo disse...

Na verdade, há pelo menos dois aguedenses que ocuparam funções presidenciais em federações desportivas portuguesas:

1 - Dr. Ademar Raimundo: presidente da Federação Portuguesa de Motociclismo.

2 - Dr. Henrique de Melo: presidente da Federação portuguesa de Atletismo.

J. Costa disse...

Admirável currículo desportivo e um grande colaboraor do Soberania. Mas Águeda agora já não tem gente desta?

Anónimo disse...

ARMANDO ROCHA é dos mais prestigiados dirigentes desportivos de Águeda. Como atleta , foi campeão nacional escolar de ginástica (Liceu de Aveiro), representou o Clube dos Galitos de Aveiro (basquetebol e remo) e a A. Académica de Coimbra (basquetebol). Foi Inspector Nacional do Desporto Universitário, membro do Comité Olímpico Português, Director Geral dos Desportos (7 de Maio de 1963 a 9 de Agosto de 1973), dirigente da A. Académica de Coimbra, membro do Comité Executivo da Federação Internacional do Desporto Universitário (actualmente é membro honorário), primeiro director do estádio universitário de Lisboa e presidente da Federação P. de Ténis. É dirigente da Federação P. de Basquetebol e e da Associação de Ténis de Lisboa.
Coordenou a organização ds Jogos Desportivos Luso-Brasileiros (de 1964 a 1969). É Grande Oficial da Ordem da Instrução Pública, medalha de ouro ao mérito da Federação Portuguesa da Futebol, sócio honorário de mais de 20 clubes portugueses, medalha da Cruz do Mérito Desportivo do Brasil, medalha de Prata dos Desportos de França e Victor de Plata de Espanha.